A importância de investir em formação de plateia

Ideia 85 de 99.

Ninguém nasce gostando de cultura, a gente aprende a cria o hábito de consumir atividades culturais com o tempo. Mas é difícil apender se alguém não ensinar. Mas quem ensina a gostar de cultura? Assim como qualquer hábito o ensinamento vem pelo estimulo. Mas quem deve estimular então?


Não existe um responsável especifico para estimular o hábito de consumir cultura. A responsabilidade é dividida pelas principais instituições que temos contato ao longo de nossa vida, como família, escola, governos, corporações e circulo social. Mas o que acontece quando nenhuma delas tem eficiência na vida das pessoas? Surge a necessidade de outras fontes de incentivo.


Não só produtores culturais amam aquilo que fazem, existe uma parcela do público que amam aquilo que os artistas fazem e encontraram na arte e cultura um propósito de vida mesmo que o seus sustentos não venham dele. Algumas destas pessoas fazem ações e projetos que ajudam a trazer mais públicos para os espetáculos ao conseguir influenciar seu entorno. Algumas destas iniciativas chegam a ganhar notoriedade e reconhecimento, mas boa parte delas não.


Imaginem quantos pequenos projetos deixam de existir por falta de apoio. Quantas boas ideias não continuam pois seu idealizador não encontrou as pessoas certas. Quantas pessoas deixaram de frequentar ambientes culturais pois não conheceram aquelas iniciativas.


Assim como os fãs falam daqueles que produzem arte, os produtores precisam ressaltar a ação que seus fãs fazem e que valorizam a cultura. Para que todos possam crescer é necessário que haja uma relação de igualdade onde todos saibam de seus papeis.

© 2020 por Clubean

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Facebook