Crie nas escolas programas de formação de plateia

Ideia 98 de 99.

Hábitos não são características inatas, são ações que precisam ser estimuladas ,desenvolvidas e repetidas para que cheguem a um estágio que elas pareçam ter sido inatas. Não nascemos sabendo escovar os dentes lavar as mãos ou dizer “saúde” quando alguém espirra. Aprendemos tudo isso ao longo de nossa vida e, principalmente, durante a infância.


A escola costuma ser o nosso primeiro convívio social para além de nosso circulo familiar. Neste espaço costumamos aprender coisas que nos ajuda a compreender o mundo que vivemos, aprender sobre nós mesmos e adotar práticas que ajudem a melhorar nossas relações uns com os outros.


É comum as escolas oferecerem programas que estão ligados a questões sociais da vida adulta para que as novas gerações não cresçam adotando práticas que perpetue certos erros. Escovar dentes, higienizar as mãos, ter boa alimentação e fazer exercícios por exemplo, estão ligados à questões de saúde pública. Incentivar estas práticas além de promover o bem estar individual, poupa dinheiro dos cofres públicos no futuro.


Não só questões relacionados a saúde precisam ser incentivadas, a cultura também. Assim como atividades relacionados a saúde só tem efeito se for feito de maneira continua até que seja “natural”, consumir cultura precisa ser estimulado para que se torne um hábito. O grande benefício que tais programas de incentivo à cultura nas escolas é a formação de plateia para espetáculos culturais no futuro. O Brasil não tem o hábito de consumir cultura.


Programas de incentivo a cultura precisam ser efetivos de modo a fazer com que os alunos entendam a importância da prática, mas também que sintam prazer fazendo aquilo.

© 2020 por Clubean

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Facebook