Adapte seu produto cultural para consumo das massas

Ideia 68 de 99.

Precisamos admitir que produtos culturais estão sendo feito para nichos de público e este fato não é uma analise pessoal ou de um grupo de pessoas, mas de pesquisas que analisaram o comportamento de consumo cultural no Brasil. Vivemos em um país onde a maior parte da população não consome cultura como hábito.


A carência de programas e a insuficiência de políticas públicas de incentivo podem ser uma das razoes para que tenhamos uma deficiência na formação de plateia para diversos segmentos da cultura. Cobrar as autoridades vem sendo uma das estratégias adotada a anos para resolver este problema, contudo, não exime produtores culturais da responsabilidade.


Produtores culturais são responsáveis pela produção cultural e o fato de não haver procura em grande escala para o consumo de cultura revela que também temos um problema mercadológico, pois em uma sociedade de mercado que consegue até vender areia no deserto, por quê não consegue vender cultura?


A produção cultural está inserida em uma sociedade de mercado. Ela pode se expressar contra isso, mas para sobreviver precisa adotar algumas práticas. Uma delas é produzir linhas de produtos para públicos distintos.


Produtos culturais não são para todo mundo. Produtos culturais tem público alvo sim. Não podemos romantizar a função prática de um produto cultural ao argumentar que ele é feito para consumo de todos. Além de ser uma postura arrogante é ineficiente achar que qualquer pessoa estaria apta para consumir determinados produtos culturais que exigem conhecimentos posteriores para sua completa apropriação.


Fazer versões mais simplificadas de seu produto cultural não é rebaixar a qualidade artística, mas sim servir como porta de entrada para públicos que precisam ainda desenvolver o hábito de consumir cultura.

© 2020 por Clubean

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Facebook