Cultura: ganhe o jogo ou queime no fogo

Ideia 4 de 99.

O desmonte da cultura não pode ser um espetáculo a qual nós somos uma plateia participando de maneira passiva . Nós que atuamos com produções culturais precisamos deixar de ser meros espectadores reagindo emocionalmente com cada nova tragédia que nos é apresentada. Precisamos ser atuantes e participativo, pois se muitos de nós perderem, todos nós perderão.


Gritar não pode ser nossa única e nem principal estratégia para interromper o processo de desmonte da cultura. Precisamos ser inteligentes e, principalmente, criativos. As forças que agem contra a cultura estão vindo de diversos caminhos e para cada um deles precisamos articular uma ação que anule seu impacto.


Precisamos encarar a situação com a ótima militar de quem tem o desafio de uma guerra. Os profissionais da cultura são nossos soldados e suas mentes, as armas. O bom uso destes recursos é determinante para que possamos sair vitoriosos. Preparar bem nossos profissionais faz parte de uma estratégia de eficiência e precisamos fazer isto da maneira que podemos.


Vencer uma guerra é vencer pequenas batalhas. Para cada batalha precisaremos de planejamento para entender o contexto e utilizar habilidades analíticas e criativas para superaras adversidades.

Os inimigos sabem que para vencer o jogo e impor seu pensamento que desconsidera e existência de muitos de nós precisam destruir a cultura, nem que utilizem ações sem escrúpulos. Eles jogam baixo não apena s por falta de caráter, mas porquê é mais fácil, nos impondo o desafio de jogar limpo e para isto precisamos ser mais astutos e melhores do que eles.

© 2020 por Clubean

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Facebook