Indicadores de Desempenho para a gestão cultural

Ideia 16 de 99.

Todos os estabelecimentos, sejam culturais ou não, possuem pontos que precisam ser melhorados , porém pode haver maior dificuldade quando não se tem com clareza quais são estes pontos e seus parâmetros de qualidade.


Através da autoanálise é possível descobrir quais pontos são relevantes e impactam na entrega final, fazendo com que seja possível mensurar o desempenho do processo de trabalho através de parâmetros chamados indicadores.


Estabelecer indicadores de desempenho, sejam eles quantitativos ou qualitativos, auxiliam no planejamento de ações que melhorem a qualidade de trabalho realizado.


Antes de criar indicadores, os estabelecimentos culturais precisam descobrir o que é importante para o funcionamento do espaço e determinar parâmetros do que é uma entrega boa e do que é uma entrega ruim, que podem ir desde indicadores de satisfação de publico, gasto por produção, processos internos, número de seguidores nas redes sociais, matérias na imprensa, público presente e até mesmo tempo de espera na fila da bombonieri.


Quanto mais mapear pontos importantes e transformar em indicadores, mais um gestor cultural estará ciente de suas virtudes e daquilo que pode ser melhorado.


O mapeamento permite que haja uma visão holística de tudo aquilo que impacta para a operação e bom funcionamento de um grupo /organização companhia, facilitando a gestão da coisa.


A rotina de quem aplica a técnica de análise de desempenho por indicadores consiste em avaliar e registrar os resultados de maneira periódica dos pontos relevantes para posteriormente decidir se será necessários ações que tragam melhorias no desempenho.


A junção desta prática analítica junto a capacidade inovadora de quem trabalha com cultura poderá produzir resultados perceptíveis na gestão interna e, principalmente, no trabalho que é entregue ao público.

© 2020 por Clubean

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Facebook